sábado, 11 de outubro de 2014

O programa para rastrear notebook roubado

Quem trabalha ou estuda e depende do uso de um notebook em trânsito, carregando o seu computador portátil pela cidade, infelizmente não tem mais paz seja em que lugar do nosso país for.

Já a alguns anos o roubo de notebooks se tornou uma das modalidades preferidas dos ladrões, que tem esquemas de roubo de computadores portáteis próximo a escolas, faculdades, aeroportos e outros locais com grande aglomeração de pessoas que usam estes equipamentos.

Perder o computador não implica no simples prejuízo financeira do equipamento, na maioria dos casos o prejuízo com a perda das informações armezadas nos computadores é infinitamente maior que o simples custo da máquina.

Fotos, documentos, trabalhos escolares e finalização de cursos, projetos de grande importância para as empresas os quais deveriam se manter secretos e dos quais não se tem backup…

Neste caso, o único remédio mesmo é recuperar o computador, mas como fazer se o ladrão não deixa nome, nem cpf e muito menos o endereço residencial?

Usar um programa capaz de rastrear o computador e mostrar a exata localização onde está o computador roubado, desde que o ladrão resolva ligar e usar o notebook.

Sim, isto já é possível conforme foi mostrado hoje pela manhã pelo programa Mais Você, da Ana Maria Braga, na Globo.

O programa mostrou um caso de um notebook que foi roubado de um carro e a dona havia instalado nele um programa de rastreamento do computador, quando o ladrão resolveu ligar e usar o notebook na casa dele, o computador fotografou o ladrão e ainda enviou para a moça que foi roubada a localização de onde estava o notebook.

Ela contactou a polícia que foi ao local, encontrou o bandido que estava nas fotos e recuperou o notebook.

Há vários programas que podem fazer este trabalho para Windows, Linux e Mac, sendo que o Mac já tem um programa de rastreamento através do iCloud da Apple, que é o mesmo sistema capaz de localizar o iPhone e o iPad.

Mas vamos falar de um programa que também pode ser usado em computador com Windows e Linux, cumpre bem o papel de rastrear os computadores portáteis e, o melhor de tudo, tem uma versão gratuita que pode ser usada em até três computadores de um mesmo usuário.

Este programa é o Prev Projet, um programa de código aberto que funciona em Windows, Linux, Mac e Android.

Para usar o rastreador de computadores Prev Projet é necessário se cadastrar no site de monitoramento, então baixar o programa no site do Prev Projet correspondente à versão do sistema operacional que você está usando.

Ao instalar o programa ele vai solicitar a criação de usuário para acesso ao painel de monitoramento do Prev Projet, depois de instalado você devera configurar de quanto em quanto tempo o aplicativo irá enviar a localização do seu computador para o site de monitoramento do Prev Projet.

Ao logar no site de monitoramento ele irá lhe mostrar os dispositivos que estão sendo rastreados para o seu usuário, no entanto, ele não riá ficar mostrando a localização dos seus dispositivos, so irá fazer isto se você mudar o status do dispositivo para perdido (missing).

Se o computador ou notebook que está sendo rastreado tiver Webcam, quando o status no site de monitoramento é mudado para missing o notebook passa a tirar fotografias através da webcam e enviar para o site de monitoramento.

Além disto são capturadas e enviadas as configurações de rede e os programas e arquivos que estão sendo alterados ou usados pela pessoa que está indevidamente com o seu computador.

Da mesma forma é enviada a localização do computador/notebook e se pode ver esta localização num mapa do Google Mapas.

O programa no entanto só irá funcionar se o computador for conectado à internet e se o notebook não foi formatado pois neste caso ele perderá toda a configuração feita pelo dono da máquina.

Os especialistas dizem que o melhor é configurar o seu computador com um usuário visitante sem senha para que o ladrão possa acessar a máquina e deste jeito não se estimule a formatar o computador de imediato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário